Hora de dormir

O sono de qualidade para os pequenos

Inúmeros estudos comprovam que o hormônio do crescimento só é liberado neste período. Não podemos levar em conta apenas a quantidade de horas que durou o sono, é preciso considerar também a qualidade. E distrações como telas de TV, tablets e afins contribuem para um descanso fragmentado. O que a longo prazo pode ser um fator de risco para a obesidade, afirma o professor Bernard Fuemmeler, na revista Crescer.

A má qualidade do sono prejudica a capacidade da criança entender e expressar suas dificuldades, sendo relacionada também com a hiperatividade. Já observou que quando seu filho não dorme direito ele fica irritado, mau humorado? Dormir mal influencia na saúde emocional e no comportamento a criança.

O Circo Circadiano

Um dos motivos pelos quais as crianças não dormem horas consecutivas, está relacionado ao ciclo circadiano (período de 24 horas pelo qual nosso corpo se norteia para organizar suas funções), que é diferente para elas. Assim que os bebês nascem o ciclo circadiano dura aproximadamente de três a quatro horas. Os padrões entre estar dormindo e estar acordado ainda estão se ajustando e, normalmente após os seis meses de vida do bebê, é que ele passa a dormir mais a noite.Sono de qualidade para os pequenos - grandinhos

A Higiene do Sono

A higiene do sono nada mais é que proporcionar um ambiente adequado para proporcionar um sono de qualidade para os pequenos. Este ambiente deve ser tranquilo para o descanso e estimular bons hábitos, como dormir no mesmo horário. Deve ser desenvolvido desde recém-nascido, para gerar o hábito. E é com o amadurecimento da criança que conseguiremos ver a importância da higiene do sono. É graças a ela que é possível proporcionar um sono de qualidade para os pequenos mais grandinhos.

Uma noite tranquila

Para gerar um sono de qualidade para os pequenos, é preciso criar novos hábitos, mas se quiser garantir (ou tentar) uma noite tranquila, esqueça o agito, as brincadeiras em cima da cama, músicas altas e animadas e longos bate-papos. Crie o clima de calmaria. Não ligue TV ou tablet cerca de 2 horas antes da hora de dormir, isso piora a qualidade do sono. Não se esqueça de levar a criança sempre ao banheiro antes de deitar e por fim estimule bastante a criança a se exercitar, fazer exercícios durante o dia. Isso contribui para o seu descanso a noite.

Sono insuficiente ou de má qualidade

Você vai notar que seu filho não está dormindo o suficiente quando ele apresentar queda no rendimento escolar, ficar com aspecto de cansado, com olheiras, bocejando, esfregando os olhos durante o dia. O humor da criança revela tudo também. A falta do sono ou a má qualidade dele tende a deixar a criança irritadiça. O desânimo para se alimentar também está entre as características de uma criança que dormiu pouco.

Mitos e verdades

Agora vamos analisar fatos específicos, entre o que é mito e o que de verdade funciona, levando o sono de qualidade para os pequenos!

1 – O bebê aprende a dormir sozinho

MITO. Apenas 10% dos bebês têm a capacidade de adormecer sozinhos, empregando recursos como um paninho, balançando ou até mesmo a chupeta. Os 90% precisam ser ensinados.  E nos três primeiros meses de vida do bebê, ele repete vários ciclo de mamada, cocô e sono. Então não adianta concentrar os esforços para acostumá-lo a dormir a noite toda nesta fase! É mais garantido obter sucesso nisso quando a criança tem mais de cinco ou seis meses.

2 – Chá de camomila ajuda a acalmar?

VERDADE. Mas lembre-sede que crianças neurologicamente saudáveis não necessitam de substâncias para conduzir ao sono. A verdade é que assim como outros fitoterápicos, a camomila é capaz de induzir o organismo ao relaxamento. O chá pode ser oferecido em temperatura morna após o sexto mês de vida da criança

3 – Se a criança não tirar a soneca diurna, dormirá a noite toda?

MITO. O recém-nascido necessita dormir em torno de 16 a 19 horas diárias, distribuídas igualmente entre o dia e a noite. Com o passar dos meses  o sono se concentra a noite e as sonecas são distribuídas durante o dia. Com seis meses o bebê dorme cerca de 12 horas diárias, com um sono predominantemente noturno e duas a três sonecas diárias. As sonecas podem durar até os 3 ou 4 anos da criança.

4 – Bebê acostumado a dormir no colo, dificilmente dormirá sozinho no berço.

VERDADE. Se os pais embalam o bebê no colo, estão ensinando-o a adormecer desta forma. E consequentemente quando ele acordar no meio da noite, possivelmente ficará assustado por não reconhecer onde está. O ideal é que desde o início os pais da criança deixem que ela pegue no sono no berço. Uma dica valiosa que a pediatra do Estêvão sugeriu assim que ele nasceu foi que após a última mamada, ele arrotasse ainda no colo e depois fosse colocado no berço. Descobri através desta dica que há outras formas de transmitir aconchego ao bebê (recém-nascido) mesmo ele estando fisicamente longe da gente. Então eu segurava a mãozinha do Estêvão, acariciava a cabecinha dele, o rostinho, conversava.

5- Não tem problema pegar no sono vendo TV

MITO. Adormecer diante de TV e telas não é benéfico. Quando a criança assiste um desenho animado agitado ante de dormir ela fica excitada e o relaxamento necessário para o sono é comprometido. É recomendado evitar telas cerca de 1 hora antes de ir pra cama.

6 – Música suave ajuda pegar no sono

VERDADE. Canções suaves como músicas clássicas contribuem sim para o relaxamento se forem reproduzidas em volume baixinho. Mas devem ser desligadas assim que a criança dormir. Aqui tenho a experiência da caixinha de música que acompanha o Estêvão desde que era um recém-nascido. A caixinha era ligada antes dele dormir e desligava sozinha alguns minutos após ele dormir. Esta caixinha vibra, reproduz até sons semelhante ao útero materno, o que é bem interessante ao bebê que se encontra na exterogestação. Sempre compro produtos para meu filho na Tricae, e lá você encontra lindas caixinhas de músicas com o mesmo efeito para ajudar seu filho a pegar no sono. O melhor é o preço, não fique de fora, clique agora!

7 – Luz acesa atrapalha o sono

VERDADE. A luminosidade inibe a secreção de melatonina, hormônio que induz e aprofunda o descanso. É como o hormônio do crescimento (GH) que é liberado durante o sono profundo.  Por isso escureça o ambiente. Caso a criança sinta medo de escuro, utilize uma lâmpada azul, o único tipo de luz que causa sonolência, proporcionando um sono de qualidade para os pequenos.

8 – É necessário ter rotina para dormir bem

VERDADE. O simples fato da criança ir para cama sempre no mesmo horário melhora a qualidade da continuidade do sono noturno, o que acaba melhorando também o bom humor das mães não é mesmo! São necessárias pequenas e simples atitudes para sinalizar para a criança que está chegando o momento de ir para cama. O quarto deve ser escurecido, não assistir Tv ou tela próximo da hora de ir para cama, evitar brincadeiras agitadas. Este ritual pode acompanhar um banho e até mesmo uma mamada (para os bebês). 

9 – Se a criança não aparenta cansaço, ela não precisa cochilar a tarde.

VERDADE. Até o sexto mês de vida a soneca é nitidamente benéfica, mas após esta idade os pais podem deixá-la acontecer naturalmente. Segundo o neurofisiologista Leonardo Ierardi, do Hospital Israelita Albert Einsten na revista Crescer, o ideal é ser flexível, sem impor a soneca à tarde para seu filho caso ele não esteja demonstrando cansaço. Esta necessidade pode variar de uma criança para outra.

Eu e meu filho estamos passando justamente pelo relatado acima. Ainda estamos decidindo, dia após dia a necessidade de tirar a soneca diurna ou não. Tem sido complicada tomar uma decisão acerca disso por que ele levanta cedo, as 6:30 da manhã diariamente para ir para escola. E tentamos matricularmos no turno vespertino para ele dormir mais um pouco. Porém ele dormia durante as aulas, pasmem!

10 – Sempre que o bebê acordar a noite é por que quer mamar.

MITO. Após o sexto mês de vida o bebê já tem capacidade biológica de se manter dormindo a noite toda, sem precisar ser alimentado. Após cada ciclo de sono é comum o bebê acordar, e os motivos variam, podendo ser apenas vontade de ficar com os pais. É comum que a criança acorde e aos poucos, volte a dormir sozinha e espontaneamente.

E o sono da mamãe?Sono de qualidade para os pequenos e para a mamãe

Sabe aquilo que todos dizem, para você dormir enquanto seu filho dorme? Pode seguir a risca isso sempre que possível! Falta de sono é causa de depressão nos dias atuais. Então a louça, os afazeres domésticos podem esperar, mas você, não! E a questão das telas e Tv também vale para adultos! Desligue-os ou coloque-o no modo silencioso a noite!

Autor: joseanasousa

Maranhense, atualmente vivendo em Belo Horizonte. Mãe da Victoria e Alice. Aeronauta, psicanalista, pesquisadora e apaixonada pelo universo da maternidade que me conduziu a um encontro comigo mesma. Uma viagem em busca do autoconhecimento e lucidez. Discípula do método científico de Maria Montessori.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s